“Doa-se essa criança” dizia anúncio em aplicativo de compra e venda que agora é alvo de investigação policial


Um anúncio feito em um aplicativo de compra e venda na cidade de Rio Branco está sendo alvo de investigação da Polícia Civil e do Ministério Público.
A polícia foi acionada através de uma denúncia do Conselho Tutelar da cidade no último sábado (22) ao se deparar com um anúncio de doação de uma criança de um ano de idade.
É possível perceber através do anúncio que quem anuncia repostou a mensagem na última segunda-feira (24) e diz que está doando a criança por motivos financeiros.
Na postagem foi colocado o nome da criança juntamente com sua idade seguido de um elogio dizendo que o menino é “muito fofo” e logo embaixo o contato do anunciante para os interessados ligarem.
O site G1 tentou entrar em contato com o anunciante ligando para o número informado na mensagem, mas as ligações não foram atendidas e o anúncio foi retirado do site.


O caso também foi denunciado através das redes sociais por uma internauta que viu o anúncio e ficou chocada. A mulher disse que chegou a conversar com a mãe da criança que fez a postagem doando o bebê.
A internauta esperta teria tirado um print da conversa que revela que a mulher mora no bairro Calafate.  O Conselho Tutelar não pode investigar casos como esse, por isso acionou a polícia e o Ministério Público que irá investigar o caso.
Não somente o Conselho Tutelar, mas muitas pessoas denunciaram o ato da mãe doando o bebê pela internet o que poderia colocar a vida da criança em perigo.
A polícia informou que logo após o carnaval a investigação será passada para delegacia especializada da Criança e do Adolescente, o fato causou revolta na internet a criança se chama Arthur e de acordo com a mensagem tem um aninho de vida o que gera ainda mais revolta.

Via: g1.globo.com