Com a suposta crise financeira, o sertanejo Zezé di Camargo é obrigado a tomar uma dura atitude na sua vida


Ultimamente, o sertanejo tem sido noticia em alguns sites, devido à sua suposta crise financeira que vem enfrentando, em dupla com Luciano. Eles tem tomado base, sobre a declaração da noiva do sertanejo, Zezé que é jornalista e educadora física, Graciele Lacerda.


Na altura, a noiva do cantor, fez uma suposta reclamação por falta de dinheiro na vida do cantor, devido ao cancelamento de shows, por conta da pandemia do novo coronavírus. Mas dessa vez, a sua noiva Graciele, vem esclarecer o que realmente aconteceu, ela conta que o vídeo, em questão foi editado, e retiraram todo o seu contexto, apenas para parecer que ela estava mendigando.
“Ele não vai poder trabalhar. Mas o pior, é que a gente regressou de 60 dias de férias, janeiro e fevereiro. Já em março, os show iniciaram, eles ainda concluirão quarto, e o resto foi tudo cancelado. Resumindo, “se parar até abril, já vai ser quatro meses sem entrar qualquer rendimento”, começou ela, continuando:

loading...


“Ainda bem que eu ainda vou trabalhando. É o que vai dar para segurar as contas, porque as contas continuam. Neste momento resta pedir a Deus, para dar tudo certo. Diversas pessoas, estão passando por isso”, disse a noiva do sertanejo, na altura.
Então segundo as informações dadas pelo site, esta “suposta crise financeira”, acabou por obrigar o músico a tomar uma decisão drástica na sua vida, e vender a sua mansão, para conseguir equilibrar as contas.
Como meio de justificação sobre a venda da sua mansão, sem dar muita suspeita, segundo o site, Graciele Lacerda, noiva de Zezé di Camargo, explica que preferia outro local mais “aconchegante”:”Eu não gosto muito de uma casa muito grande. Na verdade é que essa casa aqui, é enorme para a gente morar eu e Zezé”, disse a jornalista Graciele Lacerda. E agora qual vais e o final desta história?

Comentários

0 Comentários